Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

26/01/2015

Resenha - Pink - Mangá


Nome: Pink
Nome em japonês: ピンク

Informações:
Tipo: Mangá
Volumes: 1
Capítulos: 20
Publicação: 1989
Gênero: Josei
Autora: Okazaki, Kyoko
Serialização: ?

Sinopse: Pink é um mangá sobre uma garota bonita em seus 20 e poucos anos que ama a cor rosa, chamada Yumi. Durante o dia, ela trabalha em um escritório comum, mas à noite, ela trabalha como prostituta. Yumi precisa desses dois empregos por causa de seu consumismo e para alimentar seu animal de estimação incomum, um crocodilo, que ela mantém em seu apartamento.


Comprei esse mangá no Book Depository, pagando $16,60 dólares, o que saiu R$43,80 reais. Infelizmente a previsão é o dólar aumentar ainda mais, então resolvi comprar antes que a situação piorasse. Foi bem caro mas valeu cada centavo, esse mangá é incrível ♥

ATENÇÃO!
Esse mangá tem conteúdo +18.

Ainda lacrado, puro amor ♥

O mangá
Publicado pela Vertical Inc., com 249 páginas, contém páginas coloridas.

A autora
Kyoko Okazaki, nascida em 13 de dezembro de 1963, é considerada por muitos como uma das mães do josei (shoujo para mulheres adultas). Famosa por seus projetos minimalistas e por sua tendência para tratar de temas controversos. Enquanto estudava na universidade, Okazaki fez sua estréia, fazendo quadrinhos para adultos direcionados principalmente para os homens. Então, ela decide se focar nas questões das mulheres jovens e contemporâneas. Okazaki usa a cultura de rua, da moda e do uso de drogas em suas histórias.


A história
Depois de ler Helter Skelter e amar, resolvi procurar outras obras da mesma autora e descobri Pink. Antes de comprar fui investigar sobre o que se tratava, mas após ler a sinopse, sabia que iria adorar! Ela é uma garota de programa porque o seu trabalho do dia não paga o suficiente para alimentar seu animal de estimação, o Croc. Trabalhar em um escritório é perfeitamente normal para as jovens mulheres japonesas, mas manter um crocodilo de estimação, e ser uma prostituta, faz Yumi se destacar.

A autora trata de assuntos que a maioria não se aproximaria, e ela faz de uma forma tão suave e casual. Para Yumi, fazer programas não é algo chocante, só é algo que ela faz para poder se dar ao luxo de alimentar seu crocodilo, é uma história honesta e real. A própria autora diz no final do mangá que todo trabalho é uma forma de prostituição. Você trabalha para conseguir comprar coisas.

Muitos leitores acabam simpatizando com ela, pois todos tem e amam o seu "algo especial", simbolizado pelo crocodilo de estimação. No meu caso, são os mangás. Já fiz horas extras e freelances para conseguir o dinheiro extra para bancar esses mangás internacionais, a vida não é fácil, todos temos que trabalhar para conseguir aquilo que queremos, e é isso o que Yumi faz.

"Eu quero! Eu vou comprar!"

É uma história sobre amor e capitalismo, sobre como as pessoas compram e gastam e sempre querem comprar e gastar mais. Não achei que foi uma leitura pesada como Helter Skelter, foi bem divertido e até acrescentaria os gêneros de comédia e romance. Assim como esperado de um mangá +18, tem gente pelada, mas não é forçado, é um nu sincero, um nu artístico. Achei as cenas muito bonitas.

Yumi acaba conhecendo Haru, um aspirante a escritor que dorme com uma mulher da idade de sua mãe não apenas para o dinheiro, mas para trabalhar em seus "poderes de observação". Ele é um rapaz muito bacana, mas prefiro não entrar em muitos detalhes e apenas deixar vocês curiosos. Outra personagem bem legal é a irmã mais nova de Yumi, ela é engraçada e madura.

Croc usa óculos ♥

Apesar de ser excelente, não achei muitas informações sobre o mangá (nem em inglês, nem em português), gostaria de ter visto algum blog ou site que discutisse sobre a história, especialmente sobre o final. Queria compartilhar informações e conversar com os coleguinhas sobre o mangá, mas não conheço ninguém que leu, o que é uma pena...

Foi uma leitura MUITO divertida com um final inesperado! Espero ler novamente em breve! ♥


Vou contar alguns spoilers para quem tiver interesse ou curiosidade:

- Tem uma cena em que Yumi vai fazer um programa e o velhinho não consegue "ativar seu poder" para "brincar" com ela, então ele dá uma semente mágica como pagamento e enquanto ela vai tomar banho, ele pega todas as coisas dela e vai embora do motel, largando ela lá sozinha com a semente...

- Um dia Yumi compra váááárias plantas para seu apartamento ficar com clima tropical e agradável para o Croc, a irmã dela também esta no apartamento e vai usar o banheiro, mas então acaba a energia e a descarga quebra, tudo é inundado e fica parecendo uma floresta!

Tem muitas outras cenas bem legais, engraçadas e/ou inusitadas! Recomendo a leitura.

* FIM DOS SPOILERS*

Amei o estilo da autora!

A arte
É simplesmente INCRÍVEL! Estou apaixonada pela arte dessa autora, é simples mas muito encantadora! E essa capa? LINDA! O material da capa não é aquele "brilhante" dos mangás comuns, é como se fosse "fosco". Não sei os termos técnicos, mas é muito bem feito e bonito. A qualidade das páginas também é demais. A primeira vista você pode até achar que é feio e mal desenhado, mas se encaixa perfeitamente com o enredo e faz você se apaixonar pelo estilo! A arte completa a história ♥

Vale a pena ler? 
Sim, pois é engraçado, tem um pouco de drama e de romance, tem um ótimo conteúdo e muitas coisas esquisitas que dão um toque bem peculiar a obra. Será bem difícil esquecer esse mangá... É surpreendente!


5 comentários:

  1. ótimas resenhas,acabei de conhecer o blog e vou salvar ele nos meus favoritos para poder acompanhá-lo ;)

    ResponderExcluir
  2. ótimas resenhas,acabei de conhecer o blog e vou salvar ele nos meus favoritos para poder acompanhá-lo ;)

    ResponderExcluir
  3. Não curti a arte apesar de saber que é direcionado para um público mais adulto e feminino.

    ResponderExcluir