Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

02/07/2016

Resenha - Koutetsujou no Kabaneri - Anime


Informações
Nome: Koutetsujou no Kabaneri
Tipo: TV
Episódios: 12
Lançamento: 2016
Estúdio: Wit Studio
Gênero: Ação, Drama, Fantasia, Horror
Duração: 22 min.
Classificação: +17


Sinopse: Enquanto o mundo está no meio de uma revolução industrial, surge um monstro que não pode ser derrotado a menos que seu coração, que é protegido por uma camada de ferro, seja perfurado. Infectando seres humanos com sua mordida, o monstro pode criar criaturas agressivas e mortos-vivos conhecidos como Kabane. Na ilha Hinomoto, localizado no extremo oriente, pessoas construíram estações, abrigos destas criaturas. Ikoma, um rapaz que vive em uma dessas estações, cria sua própria arma para derrotar os monstros. Sua vida muda completamente quando sua estação é atacada e ele conhece uma garota chamada Mumei.


História

O anime é o novo projeto de Ichiro Okouchi, famoso roteirista que criou a popular franquia Code Geass. Como super fã de Code Geass, não poderia deixar de acompanhar esse anime, não é mesmo? Além de que, só por ter zumbis, já me convenceram a assistir. (Mas já deixo avisado que Code Geass foi um milhão de vezes melhor, nem se compara!) Resumidamente: Kabane é o nome dos zumbis. Kabaneri é quem é meio humano, meio zumbi. E a história mostra os humanos tentando sobreviver em um mundo dominado por kabanes, e os kabaneris tentando ganhar a confiança dos humanos. Rola todo aquele lance de que humanos temem aquilo que não entendem, que não conhecem, e por conta de sua ignorância, acabam fazendo merda.


A história não é apenas "humanos vs zumbis". Após terem sua estação atacada, alguns moradores escapam usando uma locomotiva, junto com Ikoma. Então eles tem que ir até outra estação, mas o caminho é longo, e muitas coisas acontecem... Brigas, intrigas, lutas, além da relação entre os personagens, sempre se desenvolvendo e crescendo. Na segunda parte do anime, surge um novo vilão, não vou dar spoiler, até porque é comum isso acontecer nas obras onde humanos devem se unir para sobreviver e lidar com algum monstro, sempre surge um humano que faz os humanos lutarem entre si. Já deixo avisado que temos mortes, temos MUITO sangue, tem braços e pernas voando... E não só das criaturas, mas dos humanos também!

Quem me dera ser forte assim *o*
Sangue *w*

Ikoma é um personagem fraco, psicologicamente falando, ele até tenta superar seu passado e suas fraquezas, mas é facilmente abalado quando colocado em situações difíceis. Apesar de muitas pessoas terem reclamado disso, eu gostei. Ele não é um protagonista todo cheio de si, confiante ou arrogante. Ele é cheio de problemas, medos e inseguranças. Enquanto Mumei é sempre forte, firme e determinada (além de lutar MUITO bem). E no final da história, o papel deles acaba se invertendo. Acho bonito quando o personagem se torna mais forte para poder cumprir sua promessa e salvar alguém que é importante pra ele.


Teve algumas falhas, não foi perfeito, teve coisas zuadas, furos no roteiro... Muitos consideraram ele bem mediano/ruim... Muitos reclamaram do "final aberto", mas não acho que foi aberto, eles resolveram o que tinham que resolver com o vilão e a vida continua. Não acho que tinham que matar todos os zumbis e ter um "final feliz". Esse tipo de coisa não me incomoda, é a vida, eles vão continuar lutando, eu consigo aceitar isso. Mas tem muita gente que não curtiu o anime. Acredito que ele realmente não é um anime inesquecível, apesar da trilha sonora épica, não é dos melhores, mas foi super divertido de acompanhar.


Arte

A arte é maravilhosa! É bem diferente da maioria que vemos por ai, então acabou se destacando. Fiquei encantada com as cores e a iluminação, deixaram tudo mais dramático, mais sério e misterioso, ficou com cara de ser uma obra adulta, usaram e abusaram do contraste. Ele tem toda uma vibe steampunk que é bem rara de se ver em animes. Como eu sou uma pessoa que consome MUITO anime moe, anime fofinho, ver algo assim é um "choque", por isso acabo achando tão fantástico! Apesar da animação não ser das melhores, as cenas de ação eram muito bem feitas, tem seus momentos de destaque, mas também tem os momentos onde as pessoas ficam deformadas. Isso não me incomodou, porque realmente adorei as cores e quando davam close no rosto das pessoas, parecia uma pintura, era tão diferente, mas tão bonito!


Steampunk é um subgênero da ficção científica. Trata-se de obras ambientadas no passado, onde as tecnologias modernas ocorreram mais cedo do que na história real, mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época, por exemplo, computadores de madeira e aviões movidos a vapor. Baseado num universo de ficção cientifica criado por autores consagrados como Júlio Verne no fim do século XIX, ele mostra uma realidade espaço-temporal na qual a tecnologia mecânica a vapor teria evoluído até níveis impossíveis (ou pelo menos improváveis), com automóveis, aviões e até mesmo robôs movidos a vapor já naquela época.


Músicas

A banda EGOIST é a mesma que fez as músicas de Guilty Crown, que eram incríveis. Com Koutetsujou no Kabaneri não foi diferente. A voz da cantora é sensacional, e a melodia é poderosa, a abertura em especial, é super impactante! Curti de verdade <3

Abertura:
"KABANERI OF THE IRON FORTRESS" - EGOIST

Encerramento:
"ninelie" - Aimer with chelly (EGOIST)


Vale a pena ver?

Mesmo com algumas coisas não tão perfeitas assim, ainda foi um bom anime. Se você é super fã de zumbis, como eu, recomendo! Mas também é uma recomendação válida para aqueles que estão afim de ver ação e lutas. Eu gostei bastante do anime, não iria mentir para vocês e recomendar algo que achei ruim, não é mesmo? Caso fique na dúvida se deve ver o anime ou não, procure a abertura e assista, com isso dá para saber se vai ser seu tipo de anime ou não.


15 comentários:

  1. Eu vo assistir :3 logo logo dps q eu acabar de ler o manga de boku no hero academia

    ResponderExcluir
  2. Certo que teve falhas,mas ainda sim foi um bom anime.

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    Eu amo esses animes com bastante ação e sangue. Não é a toa que sou super fã de Shingeki no Kyojin ^^ Bom, eu gostei do enredo do anime e pretendo assistir logo logo.

    ResponderExcluir
  4. Eu vi muita gente dizendo como cargo principal deste anime e seus defeitos "ser uma cópia" de Shingueki no Kyojin. Mesmo se o anime tiver inspirações ou se for descaradamente uma cópia ( não que eu esteja dizendo que este é ) não acho nem um pouco certo dizer isto como um ponto principal. Essas pessoas deixavam de dizer pontos muito mais construtivos sobre o anime, relatá-lo corretamente ou até mesmo falar mal sobre um ponto do anime, para dizer que é uma cópia. E eu realmente não acho. Podem até mesmo haver inspirações de Shingueki, mais não acho que foi uma cópia.

    ResponderExcluir
  5. Droppei no quarto episódio, não aguentei.

    ResponderExcluir
  6. Eu discordo um pouco de várias coisas que você falou, a minha indignação com esse anime foi tanta que eu também fiz uma review, e vou postar aqui, vamos lá:

    *Historia* nota: 2
    A história de kabaneri é a pior parte do animê: claramente foi baseado em Shingeki no kyojin, tenta recriar alguns elementos e falha, é artificial demais; eles só queriam o sucesso de shingeki novamente. O anime é sobre um apocalipse zumbi, mas não explica os kabanes, e nem os kabaneris, eles só estão lá “ah, mas eles podem deixar pra explicar em uma suposta continuação”. Sim, mas eles teriam que pelo menos dar pistas ou falar qualquer coisa, especulações sobre os kabanes e kabaneris, mas não tem nada, absolutamente nada, nem se preocupam em deixar qualquer indicio do que eles possam ser, sendo que isso devia ser uma coisa importante para o plot! Eu podia dizer que eles deixaram várias pontas soltas sobre isso, mas nem ponta tinha, o anime não aborda nada sobre a origem dos kabanes. A história não tem foco, ela vai tomando rumos aleatórios, e quando vai fechar o final, você fica com dúvidas que já deveriam ter sido abordadas. Porque na verdade a história não andou pra lugar nenhum, parece que tá no mesmo ponto que começou em relação ao conflito principal, que são os kabanes, eles focaram completamente nos personagens... e os personagens... bem, isso nos leva ao próximo tópico.

    *personagens* nota: 1
    A segunda pior coisa de kabaneri. Nenhum personagem tem importância, eles só estão lá pra serem ferramentas de roteiro, exceto o Ikoma e a Mumei. O Biba tem uma leve construção, mas no fundo ele é aquele personagem que “você tem que odiar” porque ele está errado porque ele é um babaca porque sim. O anime tenta construir uma relação entre o Ikoma e a Mumei, mas é a coisa mais mal executada do universo.Eles não tem química, não tem boa interação, não tem nada. A Mumei durante o anime todo é um zumbi (piada não intencional) que não liga pra nada, só sabe ser agressiva e seguir as ordens do biba.Ela bate no ikoma sem motivo nenhum várias vezes e eles mal se falam, tem pouquíssimos diálogos, o maior momento de interação entre eles é quando eles falam do arroz. O ikoma diz que vai fazer a mumei voltar a ser humana por algum motivo (ela nem tá ligando pra isso) E ISSO VIRA A MOTIVAÇÃO PRINCIPAL DO PROTAGONISTA, lá pela metade do anime. O Ikoma não é um personagem tãao ruim assim, mas isso é a gota d’água. Resumindo, o anime só tem dois personagens e tenta focar na relação deles por algum motivo sendo que interação deles é péssima, além de eles não terem carisma, nenhum dos personagens.

    *música* nota: 7
    No padrão de musica de animê, é boa, nada acima do normal.

    *animação* nota: 7.5
    Bonita, mas muito artificial em algumas cenas, principalmente o cg que não conseguiram encaixar muito bem em várias cenas, mas a animação tem um tratamento melhor do que o padrão. Eu diria que os desenhos são bons, mas a animação em si nem tanto, apesar de ainda estar acima do padrão, parece q investiram um dinheiro a mais, é consistente e em overral boa.

    *entretenimento* nota: 3
    o episódio 1 consegue despertar(talvez)um pouco de curiosidade, o 2 é mais ou menos, mas depois fica maçante, terrível, assistir ao culto de domingo é mais divertido.

    *considerações finais* nota final: 3.5
    um dos piores animes que eu já vi, não recomendo pra ninguém. você só vai ter uma tentativa de cópia de Shingeki no kyojin com zumbis, que estão lá só pra fazer parte do cenário, uma historia sem coesão e sem foco, personagens totalmente sem carisma e situações forçadas pra deixar o anime “épico” e no final tudo acaba sendo uma piada.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discorda "um pouco"? UHAUHAUHUAHA Você discorda muito! xD

      Eu reconheço que não é o melhor anime do mundo, mas me diverti assistindo. O bom do seu comentário, é que as pessoas podem ver uma outra opinião, seria bom se mais pessoas comentassem! Mas mesmo sendo um anime ruim, eu gostei! Mas realmente não será super inesquecível... Já já nem vou lembrar que ele existiu xD

      Excluir
    2. concordo, sem querer desrespeitar quem gostou, o anime é um lixo,uma droga que nao vicia, personagens toscos com uma história mais tosca ainda. o cara que fez isso tá de parabéns, achei que nenhum anime fosse ser pior que pupa

      Excluir
    3. Falar que é uma cópia de Shingeki no Kyojin já destrói toda a sua crítica, na verdade nem crítica é, você só quis rebaixar o anime a um pedaço de bosta comparando ele com SnK que, na minha opinião, só tem conversa, conversa, conversa, mata titã, conversa e mais conversa sem utilidade, raramente as conversas tem algo que realmente prestam na história, o resto é bobagem. Sim, eu concordo que nem todos os personagens são bons, mas o Kurusu teve uma boa personalidade, a Ayame é aquela garota que é salva sempre, o Takumi e o restante foram apenas personagens secundários que deram algo a mais pro anime. Minha nota pra ele é 8.5/10. O anime, em si, tem uma boa trama, o mistério sobre de onde veio os Kabanes me deixou intrigado, os personagens deram uma emoção maior no anime e as trilhas sonoras ajudaram e muito nisso. Não quero parecer fanboy, mas você só levou em consideração os pontos negativos do anime e quis fazer uma crítica destrutiva.

      Excluir
    4. Dropei assim que o vilão apareceu, não fez sentido algum, não sei porque mas parece que o autor fica tipo assim:"Ihhh, como vou fazer esses dois derrotarem esse bando de zumbi? Ah, já sei! Deixa os zumbis de lado e coloca um outro inimigo ai!" E sim, eu sei que isso aconteceu em SNK, só que a forma como aconteceu foi muito mais fluída que em Kabaneri pois a história se alongou e está sendo melhor detalhada

      Excluir
  7. Discordo de você. Pelo que vi no anime não é só Mumei e Ikome que tem destaque, para ser franco achei tão bom quanto shingeki claro que apesar da história em si ser fraca a trilha sonora é muito boa mesmo. O anime tem muito o que crescer, mas para um começo com 13 episódios o mesmo se saiu muito bem. Quanto há relação dos dois principais e muito boa, eles tem uma química bem melhor do que Eren e Mikasa, creio sinceramente que muitas pessoas irão gostar do anime, e se prolongarem seus episios para 20 ou mais por temporada ele terá um crescimento alto em vendas em pouco

    ResponderExcluir
  8. eu particulamente gostei do anime.....concordo com falhas de roteiro, mas aqui em casa virou anime que assistimos até o fim pois queriamos saber o final e deu gostinho de continuação..;-)

    ResponderExcluir
  9. O anime é muito bom.. Varias lutas.. Belo traço e boa animaçao.. A historia não é um primor mas é boa.. Nota 8, bem diferente q certos fanboys the SnK que se ficaram putinhos de raiva com alguma coisa

    ResponderExcluir
  10. O anime é muito bom.. Varias lutas.. Belo traço e boa animaçao.. A historia não é um primor mas é boa.. Nota 8, bem diferente q certos fanboys the SnK que se ficaram putinhos de raiva com alguma coisa

    ResponderExcluir