Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25/09/2016

Resenha - Orange - Anime


Informações
Nome: Orange
Tipo: TV
Episódios: 13
Lançamento: 2016
Estúdio: Telecom Animation Film
Gênero: Drama, Romance, Escolar, Sci-Fi, Shoujo
Duração: 23 min.
Classificação: +13


Sinopse: Todos possuem arrependimentos. Então, quem não mudaria o passado se tivesse a oportunidade? Quando Naho, uma estudante de 16 anos, recebe uma misteriosa carta, supostamente enviada por ela mesma do futuro, sua vida vira uma confusão. A carta diz que um estudante transferido chamado Kakeru irá se juntar a sua classe, e que ela deve ficar de olho nele. Mas por quê? Naho precisa decidir o que vai fazer, se vai confiar na carta ou não, além de descobrir o que isso significa para o seu futuro e para o futuro de Kakeru.


História

O anime começou de um jeito que me chamou muito a atenção. Uma garota recebe uma carta, dela mesmo do futuro, contando o que vai acontecer em tal dia, e conforme esse dia passa, ela percebe que tudo que estava na carta acontece mesmo, é real! A carta contém os eventos exatos do dia, e tem várias páginas, contando o que vai rolar em vários dias diferentes. Também tem instruções e sugestões do que fazer e como lidar com determinada situação. A Naho do futuro, escreveu na carta que a intenção dela é não ter arrependimentos. A intenção da carta é ajudar o Kakeru, um aluno transferido que vira amigo do grupo da Naho. Então a história vai seguindo, ela vai lendo a carta e tentando mudar o que conseguir para salvar o garoto.


Eu sei que muita gente ama o anime e o mangá, mas eu não achei que foi tudo isso que todo mundo fala. Ele é legal, é bem dramático e bem triste, levanta algumas questões sobre depressão e outros problemas, mas mesmo assim, tem coisas que me deixavam bem confusa. Por exemplo, a Naho recebe a carta e tal, avisando que ela tem que salvar o Kakeru, pois ele está com sérios problemas, e ela não pede ajuda dos amigos, ela mantém a carta em segredo. Não entendo! Sei que pode parecer esquisito chegar para os amigos e tipo "oi gente, recebi uma carta do futuro", mas a vida do garoto está em jogo, pede ajuda pra alguém! O grupo é composto de 3 garotos e 3 garotas, nem que ela não fosse contar para todo mundo, contasse só para as meninas, sabe, é bem típico de shoujo e de adolescentes em geral, meninas conversarem entre si e sobre tudo... Não entendo porque a Naho não confiou em seus amigos. Ela é muito lenta, super lerdona...


Mas mais do que isso, não entendo porque diabos ela não leu a carta até o final! MANO!!! VOCÊ RECEBEU UMA FUCKING CARTA DO FUTURO E CONFIRMOU QUE ELA É REAL! LEIA A PORRA INTEIRA LOGO! Ela enrolou um monte, só lendo a página do dia quando chegava no dia, véi, não dava nem tempo de se preparar e tentar planejar algo para ajuda o amigo! Que raiva dessa garota!!! ò_ó

PAUSA PARA APRECIAR O SUWA, O PERSONAGEM MAIS ALTRUÍSTA QUE EU JÁ VI!
Não tem ninguém mais legal que ele D:


SPOILER!

Mais tarde é revelado que todos do grupo tinham uma carta! MANO! Qual o problema desse povo? Todo mundo sabia do futuro, todo mundo tinha uma carta, todo mundo estava consciente de que a vida do Kakeru estava em perigo, e ninguém confiou em ninguém, nenhum deles procurou ajuda, não contou para um professor, um diretor, para a vó dele, para um psicólogo... O cara precisava de ajuda de verdade! Profissional! Não sei muito bem qual é a relação dos japoneses com a depressão, suicídio e coisas do tipo, mas eu levo isso muito a sério, jamais que iria tentar salvar ele sozinha, ficou bem claro que ele REALMENTE precisava de ajuda... E está bem claro que temos uma enorme diferença cultural, porque o jeito que os amigos dele lidaram com toda a situação, não me pareceu certo e eu fiquei bem indignada. Não concordei com muitas coisas que rolaram.

E sobre o final, é legal ver um final feliz, mas acho que teria sido melhor um final bem tristão, onde tudo dá errado e fica todo mundo na merda UHAHUAHUHAUA sempre achei que esse anime teria um desses finais que você se afoga em lágrimas. Foi emocionante? Claro que foi! Mas não tanto quanto achei que seria... Talvez meu erro foi ter criado tantas expectativas pelo que todo mundo falava. Esperei de mais e recebi de menos. Foi bom, mas eu esperava mais.

FIM DO SPOILER!


Viagem no tempo sempre dá merda! Adoro filmes e séries com viagem no tempo, porque é sempre uma loucura! E existem várias teorias e versões de como isso iria funcionar. É fantástico! Enquanto você esta vendo o anime, fica um suspense legal de "será que eles vão conseguir mudar o futuro descrito na carta e salvar o Kakeru ou será que não importa o que eles façam, o destino do garoto já está selado". Eu gostei desse elemento sci-fi em um shoujo, achei bacana! O romance foi bem clichê, nem tem muito o que falar, é o típico triângulo amoroso de shoujo "garoto legal/gostosão gosta da garota bobinha/lerda que gosta do garoto complicado". O drama é muito bem explorado em alguns episódios, teve cenas que partiram meu coração, de verdade, porém, tem horas que o drama é forçado e sem graça. Não consigo decidir se curti esse anime ou não, pois ele teve coisas ruins, mas também teve bons momentos... Fico na dúvida... Mas acho que foi bom sim.


Arte

A arte e a animação foram ok. Os personagens principais eram bonitos, mas o resto era bem zuado. Cheguei até a tirar alguns prints das pessoas extremamente deformadas e postei lá na página só para zuar. Haviam horas que o cenário era muito bonito, mas em outras era apenas ok. Teve seus altos e baixos, momentos muito bons e momentos muito ruins, por isso achei bem "ok".

Exemplo de uma cena horrorosa!
Exemplo de uma cena bonita.

Músicas

Abertura:
"Hikari no Hahen" - Yu Takahashi

Encerramento:
"Mirai" - Kobukuro


Vale a pena ver?

Só se você quiser ver porque todo mundo viu. Eu mesma, vi por curiosidade, porque todo mundo fala tanto e fala tão bem do mangá, que quando saiu o anime fiquei curiosa. Não que eu me arrependa de ter visto, mas definitivamente não veria de novo não... Teve cenas tristes e emocionantes que tocaram fundo meu coração, mas também teve muitas cenas vazias ou cenas super irritantes onde não entendia as ações das personagens. No geral, achei que foi um anime "ok" mesmo. Teve coisas boas, mas teve coisas ruins, não foi 10/10, pelo menos não na minha opinião. Diz ai nos comentários se você gostou, se você discorda de tudo o que eu disse, tenta usar uns argumentos para me fazer mudar de ideia, o que eu acho difícil :v


E para finalizar, acabei de ler essa teoria (tem spoiler): "Ao meu ver, o passado ali, não ocorreu. Eles, do futuro, no alto do penhasco perceberam que mandar as cartas era impossível... Assim sendo, acho que tudo que ocorreu ali foi imaginação deles. Enquanto estavam lá, conversando... Acho que o sentimento de salvar o Kakeru era tão grande, que eles se deixaram levar, pra se sentirem mais livres, uma vez que estavam ali indo cumprir as promessas que tinham feito e tal." Foi tudo um sonho. Fiquem com esse pensamento e tchau! :v

46 comentários:

  1. o anime não chega nem aos pés do mangá!com certeza se você visse o mangá mudaria um pouco de opinião.eu gosto muuuito de orange,mas concordo com varias coisas que você citou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O duro é que depois de ver o anime, não animo muito de ler o mangá :/

      Excluir
    2. Realmente, quando eu li o mangá, que foi o primeiro mangá que eu li na vida, eu chorei litros. Com o anime não foi muito essa sensação não, somente algumas lágrimas.

      Excluir
  2. Eu estou querendo ver o anime e vou ver sim, mas vou acompanhar o mangá também já que tem muitos que falam que o mangá e melhor e eu acredito, pois a maioria dos mangás são melhores do que a animação, tem mais detalhes e muitas vezes cortam partes no anime. é a mesma coisa quando um livro vira filme, não tem como colocar tudo do livro em um filme só.

    Quando se trata de mudar o futuro eu me interesso bastante, espero não me decepcionar pelo menos com o mangá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo diz que o mangá é melhor mesmo... O duro é que depois de ver o anime, não animo muito de ler o mangá ...

      Excluir
    2. Por isso é bom acompanhar os dois juntos kkkk' Vou tentar fazer isso ^^

      Excluir
    3. O mangá com certeza é mais emocionante, vai por mim. Mas não que o anime seja ruim, vale a pena assistir também.

      Excluir
  3. Concordo com praticamente tudo! Ainda estou indignada por eles não terem pedido ajuda de algum profissional, meu Deus! O garoto iria morrer! MORRER!
    E o Suwa é o melhor personagem, em minha opinião claro. Se não fosse ele tomando a atitude, ninguém ia confiar em ninguém, pois falar das cartas pros amigos que é bom...nada neh?!

    Também não iria assistir novamente, mas a ideia da história em si curti bastante. O mangá virou quase um xodozinho, admito, mas não vou colocar no topo.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito do Suwa, mas se você parar pra pensar, quem realmente salvou o Kakeru, foi o Hagita HUAHUAUHAUHA <3

      Excluir
    2. A parte da bicicleta Kkkkk "Eu sei quem foi o vândalo" - disse o Suwa no mangá. XD

      Excluir
  4. Eu até ia assistir o anime, mas já to tão cansado de animes "colegiais fazendo alguma coisa interessante no dia a dia" que achei melhor esperar pela sua resenha pra ter certeza...
    Eu estava com a expectativa baixa em relação a ele, achei que seria só mais um anime qualquer de romance colegial clichê, mais ainda tinha esperanças por conter viagem no tempo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A viagem no tempo é um elemento bem pequeno na história, que ficou sem muita explicação... Apenas falaram bem por cima e só. Por isso curti a teoria de que foi tudo um sonho :v

      Excluir
    2. Na real? Viagem do tempo é só uma desculpa para abordar o tema principal que é depressão e suicídio. A autora deu uma de "precisamos falar sobre depressão e suicídio" e fez isso de uma forma que muitas pessoas dessem atenção para isso.

      Excluir
  5. Acho que não foi coincidência um anime sobre salvar um moleque depressivo e suicida acabar justo no Setembro Amarelo. :v

    Achei legalzinho (6/10). Tinha me empolgado no começo mas depois meu interesse foi decaindo, tanto porque os personagens são meio tapados as vezes, quanto pela questão da viagem no tempo / universo paralelo cuja tentativa de explicação foi mal encaixada.

    E vai ter filme. :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deu 6/10? HAHAHAHAHA Eu achei que eu era ruim pq dei 7/10 HAHAHA

      Excluir
    2. Eu já vi teu MAL e te achei generosa demais com as notas! :v

      Excluir
    3. é que geralmente eu dou nota no embalo e na empolgação xD

      Excluir
  6. Como ousam criticar essa Masterpiece de Slice-of-Time?

    ResponderExcluir
  7. Como ousam criticar essa Masterpiece de Slice-of-Time?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKK...Boa...Alias, fui eu que coloquei o comentário acima...Só uma provocaçãozinha. Orange nem chega a ser uma Masterpiece...Mas foi bom, entregou o que prometia, mas não chega ao ponto de se pedir mais...Mas podia pegar um pouco mais leve com a Naho coitadinha...E quanto ao Suwa estou preparando uma petição ao Vaticano para sua canonização...Abçus e continue com o seu bom trabalho!

      Excluir
    2. KKKKK...Boa...Alias, fui eu que coloquei o comentário acima...Só uma provocaçãozinha. Orange nem chega a ser uma Masterpiece...Mas foi bom, entregou o que prometia, mas não chega ao ponto de se pedir mais...Mas podia pegar um pouco mais leve com a Naho coitadinha...E quanto ao Suwa estou preparando uma petição ao Vaticano para sua canonização...Abçus e continue com o seu bom trabalho!

      Excluir
  8. Alguem por favor me explica aquela cena do Hagita com o bumbum para o ar em cima de uma carteira escolar na frente do Kakeru? O que ele estava tentando demonstrar?

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Então, terminei Orange há pouco tempo e comecei a procurar na internet resenhas e críticas sobre o mangá/anime. Acabei caindo aqui de paraquedas, pois não conhecia o blog. Bem bacana, aliás.

    Enfim, eu tive uma visão diferente do que realmente aconteceu. Li alguns comentários e muita gente falando sobre ser impossível as cartas voltarem no tempo e essas coisas. E eu concordo, é claro. Mas eu acho que essa era a ideia da autora. Sabe aquele momento que você está desesperado e ideias mirabolantes começam a surgir na sua cabeça para escapar daquilo? A ideia de mandar uma carta para você mesmo de dez anos atrás está carregada com um arrependimento monstruoso.

    Na minha humilde opinião, aqueles adultos estavam imaginando como a vida seria se tivessem salvo Kakeru. Tipo, não quer dizer que a carta realmente voltou no tempo, mas era algo que todos queriam fazer acontecer. Daí vem aquelas explicações sem noção no momento de desespero. Tudo ficou claro quando eles tiveram essa ideia após lerem as cartas de dez anos antes (Aquelas de como seriam os próximos dez anos).

    Se não ficou tão claro, o que eu quero dizer é que o Kakeru está morto e aquela "reunião" de amigos só estava relembrando os bons momentos e imaginando como seriam as coisas se eles tivessem impedido o suicídio do jovem depressivo.

    P.S: Vi que alguém falou sobre no último capítulo ter a foto do Suwa segurando uma criança no colo. Mesmo a obra focando na amizade, essa foto reforça um pouco o que eu penso. Se o Kakeru estivesse vivo, acho meio improvável que ele não ficasse com a Naho. Ele estar ali na última página, não quer dizer que ele realmente está ali. Acho que era um desejo do grupo que ele estivesse participando daquilo.

    ResponderExcluir
  11. Terminei o anime ontem e meu deus, o Suwa merece muito um final feliz. Espero que no filme que vai sair façam alguma coisa a respeito, porque ele merece toda a felicidade do mundo

    ResponderExcluir
  12. Eu amei sua resenha, de verdade! Fico muito feliz de finalmente ter encontrado alguém q, assim como eu,chegou na mesma conclusão sobre o anime. Ao finalizar a história eu nem sabia como reagir: eu fiquei "feliz"(mais ou menos com uma sensação de alívio pelo final não ter sido com a morte do Kakeru), mas meio estranha ao mesmo tempo.... eu não sabia se tinha gostado ou não do anime.
    Achei muito bacana a história ter sido desenvolvida com viagem no tempo e não terem fugido muito do romance q estava alí presente. Tbm gostei da trama não ter sido algo superficial e monótono, como muitas obras, mas sim um pouco tensa no fim das contas com um toque de amadurecimento na história. Foi boa o suficiente p prender minha atenção em cada episódio!
    Há histórias q nos deixamm com o coração partido, outras q nos fazem pular de alegria, mesmo q sejamos os únicos q entendam tal reação, e há outras q nos fazem refletir sobre a vida.... Orange fez percorrer pelo meu corpo muitas emoções distintas a ponto de me deixar confusa sobre q conclusão chegar!
    Tvlz seja por esses sentimentos atrapalhados q eu não saberia se recomendaria esse anime p alguém.
    Enfim, amei muito sua resenha e fico contente de ver q há pessoas q tem o pensamento aberto p tirar suas próprias conclusões sobre algo, mesmo q a maioria não esteja de acordo com seus pensamentos e pontos de vista. 😉

    ResponderExcluir
  13. Huuum, bem legal! Gostei do traço também, quando isso acontece assisto sem nem pensar 2 vezes ^^ haha

    ResponderExcluir
  14. anime mais irritante que esse não existe nmrl, garota sonsa d+.

    ResponderExcluir
  15. Muito animes slice of life, para não se irritar com os personagens, tu tem que conhecer bem a sociedade japonesa. Tipo, as questões que tu levantou é super compreensível... Em uma sociedade brasileira. Lá ninguém é aberto, ninguém fala abertamente dos sentimentos, a muitas pessoas são super tímidas e tem vergonha dos próprios sentimentos. Então, contar a respeito da carta uns para os outros, ou a Naho dar de louca e falar com um diretor, professor, ou qualquer coisa assim é uma coisa completamente impensável, as pessoas são muito fechadas! Tanto é que o namoro é retratado sem toques, pegar na mãozinha já é a maior coisa USAHSUAHSJ Já vi uma youtuber brasileira que mora lá com os pais, dizer que as amigas japonesas ficam chocadas com a grande amizade que os pais tem (de conversar, ser amigos) pq os pais japoneses simplesmente não são assim.
    O Japão é um dos países que tem uma taxa de suicídio muito alta. É por isso que é esse ponto que o anime levanta: contas as coisas para os outros, pedir ajuda, falar dos próprios sentimentos. Porque isso simplesmente não acontece por lá. Então, não enxerguei o anime dessa forma, porque a realidade de lá é assim.
    Sobre os traços bugados: vim atrás da resenha por isso USHAUSHAUSH Meu Deus, quantos bugs!!!!!1111!!!!!!! Mas o traço dos personagens principais são ótimos pelo menos! haha

    ResponderExcluir
  16. Na minha opinião, o anime não chega aos pés do mangá. Cheguei a mesma conclusão que você quanto aos traços do anime (ri muito, aliás). E, realmente, eu não tinha parado para pensar na ideia de tudo ser um sonho, e agora acredito que seja isso mesmo.

    ResponderExcluir
  17. SPOILER

    Aquela cena do último episódio, em que eles estão enterrando a carta, foi o momento que mais mudou, nenhuma carta falou sobre esse momento. Deveria ter acontecido antes da noite em que o Kakeru tentou se matar. Ou eu esqueci de alguma cena?

    ResponderExcluir
  18. Eu vim aqui pra pegar informações do anime para fazer uma letra de rap bem dramático e acabei gostando de ler a opinião de quem escreveu esse blog, eu concordo que tem muitas cenas "ruins" por assim dizer por causa da personalidade lerda dos personagens, mas eu sempre achei que questão de personalidade é o autor que decide e feliz aquele que tem a mente aberta pra aceitar de tudo. Eu gostei de mais da história do anime, é tanto que seria uns dos (se não "o") primeiro (os) a fazer um rap dramático desse anime pra que vários dos meus inscritos tenham o interesse de assisti-lo e talvez se emocionar da maneira que me emocionei.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Orange foi um dos animes que mais me chamou atenção e, apesar de concordar em algumas partes, achei que o anime foi bem cativante. Tem alguns momentos em que dá vontade de gritar com a Naho, é agoniante algumas atitudes (ou falta delas). O Suwa realmente foi o ponto forte pra que todos se unissem pra fazer algo. Mas eu gostei da forma como o anime tratou do assunto, nunca tinha assistido algum anime que tratasse de suicídio.
    E sobre a teoria do sonho: é bem interessante, mas eu vou por outro caminho. Acredito que eles realmente conseguiram salvar o Kakeru, mas criaram um universo paralelo. Por isso fiquei tão triste com o final. Eles conseguiram salvar o Kakeru em um universo paralelo, mas ainda existe esse universo onde o grupo de amigos que resolveu enviar as cartas nunca mais vão poder ver o Kakeru, porque não mudou a realidade deles, e continuarão com a arrependimento de não ter salvado o amigo. Por isso não consegui nem ficar feliz com o final.
    Enfim, parabéns pela resenha! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com seu comentário! Obrigada! <3

      Excluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Eu costumo escolher meus animes de forma aleatória, geralmente pego uma lista e escolho a dedo, e dessa vez foi a vez de Orange. Eu gostei muito do anime visto que eu amo animes do tipo meloso e dramático (como chobits por exemplo), e discordo um pouco ao seu ver na questão deles não tem procurado ajuda, pois não sei se lembra, mas em um certo momento da trama, Hagita fala que eles ja alteraram muito o futuro, então talvez não seja mesmo o foco deles envolver outras pessoas para salvar Kakeru o que eles fizeram foi tentar salvar salvá-lo da maneira mais transparente possível para não ocorrer grandes alterações no futuro. Porém achei sua ideia de que tudo se passa no futuro e o passado seja memorias e sonhos do grupo, que arrependido por não ter salvo kakeru uma ideia muito válida! Mesmo falando da origem das cartas fica meio incerto como eles a receberam. E por fim vamos falar do final que eu achei que foi onde a trama me decepcionou um pouco, a começar do final que todos nós já esperávamos que é a salvação de Kakeru, podia (como voce falou) ter dado alguma merda, ele ter morrido do mesmo jeito, seria mais intrigante, mas não ocorreu, no final apos ter salvo kakeru, o mesmo pergunta se Naho e Suwa casariam no futuro e a Naho diz que seria um bom futuro se isso acontecesse... tipo. QUE?????? a historia toda envolvendo o romance da Naho com Kakeru e no final ela falar uma coisas dessas??? Isso realmente me deixou confuso, apesar de eu preferir mil vezes a Naho com Suwa do que com o Kakeru. Fiquei pensando também que mesmo terem salvado a vida de Kakeru, a Naho e o Suwa ainda podia ter um futuro juntos como a própria Azu disse.

    Mas fica no ar o que pode ter acontecido no novo futuro. Tomara que lancem um OVA ou algo do tipo mostrando o futuro com Kakeru. Pra mim o anime recebe nota 8/10 e sim eu super assistira ele de novo!

    Gostei muito da sua resenha parabéns!

    ResponderExcluir
  23. quero ver o anime, mas me tira uma duvida é triste o final? por que se for eu nem assisto ashuashau

    ResponderExcluir
  24. Olha o anime é legal so que eu queria saber mais o que acontece depois que salbao o kakeru, ele fica com a naho? Ou ela termina com o amigo dela igual no futuro??
    Deixou com gosto de quero mais...podia ter esclarecido mais o final..e focado mais o futuro ja que o kakeru nao morreu...mais gostei do anime, chorei litros de agua..virei a madrugada assistindo o anime...

    ResponderExcluir
  25. O anime além de shoujo é seinen tb. Pode ver na página do Wikipédia
    Ele é bem maduro, talvez por isso os personagens não tenham falado sobre as cartas (Mas, a Naho fala com o Suwa)

    ResponderExcluir