Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24/05/2017

Resenha - Koe no Katachi - Anime


Informações
Nome: Koe no Katachi
Tipo: Filme
Episódios: 1
Lançamento: 2016
Estúdio: Kyoto Animation
Gênero: Drama, Escolar, Shounen
Duração: 2 hr. 10 min.
Classificação: +13

Sinopse: Ishida Shouya é um garoto que intimida Nishimiya Shouko, uma colega de classe que é surda, chegando ao ponto de fazer a garota se transferir para outra escola. Como resultado, agora ele é intimidado pela turma. Anos depois, Ishida busca corrigir seus erros.

ATENÇÃO! ESSA RESENHA FOI "ATACADA"!
Saiba o que aconteceu aqui.


História

Ishida Shouya e Nishimiya Shouko, ambos conhecidos como Shou-chan. A história começa com um menino que procura por maneiras de acabar com o tédio, mas acaba fazendo isso da maneira errada. Ele encontra seu alvo na nova estudante, uma menina que foi transferida para sua escola, e que é surda. Dia após dia, Ishida, junto com seus colegas, fazem bullying com Nishimiya. Um dia, depois de ter aguentado toda a merda que essa turma fazia com ela, Nishimiya muda de escola, e com isso, Ishida passa a ser o alvo deles, levando toda a culpa pelo acontecido. Ele finalmente entende a dor de quem sofre o bullying. Determinado a corrigir seus erros, cinco anos depois, Ishida encontra Nishimiya novamente. É uma história muito emocionante que te faz refletir!

O mangá tem 7 volumes, então não sei o quanto foi adaptado e o quanto ficou de fora, mas deve ser difícil colocar 7 volumes em 2 horas de filme. Imagino que muito tenha ficado de fora, e geralmente a obra original é sempre melhor que a adaptação, então fiquei curiosa para ler o mangá! Se o filme já foi lindo, imagina o mangá! A história deve ser bem mais profunda, os personagens devem se desenvolver bem mais e os secundários devem ganhar mais espaço... Se você já leu, diz nos comentários se vale a pena (mas é certeza que vale sim!).

As partes que tinham bullying eram muito tensas, fiquei com muita raiva, queria entrar no filme e fazer com que eles parassem! Tanto com a Nishimiya, quanto com o Ishida, não é legal ver ninguém sofrendo! Quando via a Nishimiya sofrendo, meu coração era partido! Ela merece amor e carinho! Mas mesmo que ficasse com raiva das crianças, meu maior ódio é do professor, ele sabia que tudo aquilo acontecia e não fez nada para tentar mudar a situação. Ele é o adulto responsável pelas crianças na sala de aula, como ele pode não interferir naquilo tudo? Fico indignada! Todo mundo ali é culpado! Quem fazia o bullying diretamente, quem fazia de um modo mais "indireto", e quem apenas observava, não fazia nada, via a merda acontecendo e não procurava ajudar. Todos tem sua parcela de culpa. Achei muito nojento o modo como geral, inclusive o professor, jogaram tudo nas costas do Ishida. Enfim, a obra aborda bem toda essa questão do bullying, além de abordar o suicídio! Se você é sensível com esses assuntos, prepare seu coração :'(

Essa história é uma montanha-russa de emoções! Você fica bravo, você ri, você chora, você se emociona, você torce, você xinga... Pelo menos comigo foi assim! Eu mudava de opinião sobre os personagens a todo momento, haviam horas que odiava eles, mas às vezes os entendia, e houve momentos que gostei deles! Mas o melhor é que o filme te faz refletir, você se coloca no lugar dos personagens e pensa sobre tudo aquilo. Para mim, das muitas coisas que o filme passa, o que me marcou mais foi o lance de que não podemos mudar o passado. Todo mundo faz merda, todo mundo erra. O importante é aprender com os erros, crescer, amadurecer, ser uma pessoa melhor. Não podemos apagar as coisas ruins do passado, que nós fizemos com os outros e que eles fizeram com a gente, mas podemos melhorar hoje, no presente. Talvez você tenha interpretado a história de outra forma, mas isso foi o que mais me marcou, além, é claro, toda a parte do suicídio.


Arte

Kyoto Animation né galera! KyoAni na área! A alta qualidade da animação é mantida durante todo o filme. Gente, a animação dos personagens é maravilhosa, ainda mais nesse filme, onde eles usavam muito as mãos para fazer os sinais, foi muio bem feito! Os cenários, como já é esperado desse estúdio, são sempre lindíssimos e espetaculares. Sei que é muito "fanboyzinho" da minha parte ficar elogiando tudo que a Kyoto Animation faz, mas não tenho culpa da arte deles ser tão gloriosa! Enfim, quanto a animação só tenho elogios, o filme estava muito bonito e bem feito.

A iluminação!
Os detalhes!
Os cenários!
Músicas

Tanto a animação, quanto a trilha sonora, tudo é muito bem feito e são esses muitos detalhes que deixam o filme incrível! O foco do blog e das resenhas nunca foi falar muito sobre a parte "técnica", sempre preferi focar na história e na experiência em geral, de um modo mais "amador" e causal, mas se você parar para analisar e prestar atenção, o modo como a arte foi usada, junto com a trilha sonora, você percebe que é uma obra bem detalhada e muito bem planejada!

Abertura:
"My Generation" - The Who

Encerramento:
"Koi wo Shita no wa" - aiko

Vale a pena ver?

Sim! Bem, nesse momento em que estou escrevendo isso, acabei de ver o filme, ainda estou na emoção do momento, tentem me entender, ainda tenho lágrimas e um sorriso no rosto, então é claro que vou dizer que vale a pena! É uma história muito bonita e emocionante. Tem partes tristes e bem dramáticas, mas elas passam mensagens preciosas e lições podem ser aprendidas. Além do romance discreto e das partes engraçadinhas. Achei um filme muito bom, é do tipo que te faz rir e te faz chorar, verei novamente com certeza! Se você já viu, deixe sua opinião nos comentários, mas sem spoilers! Espero que tenham gostado da resenha e vejam o filme ♥~


16 comentários:

  1. Baixei em bluray lá no site do nosso parceiro Hacchi Fansub (propaganda grátis) xD

    ResponderExcluir
  2. Esse filme é lindo demais. E mto forte.
    Realmente dá raiva de todo mundo ali, até da Shouko por aguentar tudo "calada" (acho que esse trocadilho foi meio pesado, mas nem ligo).
    Da parte da arte e trilha sonora, mais perfeito que isso impossível.
    Vou baixar a versão da Hacchi para assistir de novo assim que possível, pq eu assisti a versão da Punch, que era até uma beta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Hacchi é um dos poucos que vejo em português, a qualidade deles é muito boa! Não é só porque é nosso parceiro não hahahaha recomendo mesmo!

      Excluir
    2. O problema deles, pra mim, é justamente por prezarem uma boa qualidade.
      O filme é muito pesado kkkkk

      Excluir
    3. Se você acha o deles pesado, não viu nada ainda hahaha
      Tem uns em inglês que baixo, que tem 10GB cada filme xD

      Excluir
  3. Mô, eu amei o post e inclusive usei ele pra convencer minha mãe a ver o filme. Ela é psicopedagoga e ficou impressionada sobre como os japoneses lidam com esses temas complicados e muito presentes na pedagogia infantil e adolescente. Foi a primeira animação japonesa que ela viu do começo ao fim e fez ela ter mais respeito pelo meu gosto por animes! Pra finalizar o comentário, ela vai tentar usar do filme em estratégias pedagógicas aqui na minha cidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Fico feliz em ler isso! ^_^

      Achei essa história muito boa, ainda mais por mostrar a linguagem de sinais, o que nunca tinha visto em animes! Achei muito bom! ♥

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exclui pois tinha ficado grande de mais... dei uma encurtada nele no outro comentário...rsrsrs

      Excluir
    2. Não tem problema fazer comentários grandes ^_^

      Excluir
  5. Ser sincero viu... tava louco para ver esse filme... eu li o mangá na ansiedade de ver ele... tudo maravilhoso no filme, por mais q ele corte cenas que marcam muito no mangá como você falou, mas o filme não deixou de as principais cenas de lado q são os momentos de maior emoção, sabe aquele frio q da na barriga que vc sente junto aos personagens quando esbarram com as "barreiras"... rsrsrsrs... ficou sensacional, a arte, tudo mesmo... adorei a resenha que vc fez, retratou muito bem o q o filme quis passar e... o mesmo q vc sentiu, a raiva, a emoção nas cenas marcantes, eu tbm senti nesse filme... ficou muito top... parabéns pelo blog, total apoio, grande abraço... grande abraço, VLW..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário! <3

      Eu fiquei morrendo de vontade de ler o mangá! :o

      Excluir
  6. Então, depois de muitos obstáculos, tá aí o que eu achei de Koe no Katachi.
    Como eu li a resenha antes de assistir, eu prestei atenção nos detalhes, e realmente, é muito detalhado (queria saber desenhar com tantos detalhes assim), cada cenário era muito bem detalhado. Como não gostar de algo que começa tocando "My Generation". E sobre o tema, é realmente bem pesado, já que ele não trata somente do bullying em si, mas também de como as pessoas tratam pessoas com deficiência, ou a exclusão social, e ele mostra os dois lados. Eu gostei muito, foi um tempo muito bem gasto, e obrigado pela recomendação.

    ResponderExcluir
  7. Esse filme entrou para os meus favoritos justamente porque ele trata de causa e consequência bela e profundamente. Ele também me fez refletir bastante, o que somou vários pontos. Aliás, também fiquei curioso pelo mangá!

    ResponderExcluir