Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21/06/2016

Resenha - Mayoiga - Anime


Informações
Nome: Mayoiga
Tipo: TV
Episódios: 12
Lançamento: 2016
Estúdio: Diomedea
Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico
Duração: 24 min.
Classificação: +17

Sinopse: Um grupo de pessoas excêntricas com seus próprios traumas e problemas, vai em uma excursão para morar em uma aldeia que é uma lenda urbana, um lugar onde se pode, supostamente, começar de novo e viver uma vida perfeita. Eles têm idéias diferentes do porque a aldeia não pode ser encontrada em nenhum mapa, ou porque até mesmo a polícia não pode indicar a sua localização, e todos estão ansiosos para começar suas novas vidas. Depois de alguns contratempos, chegam com sucesso na vila, mas a encontram completamente abandonada. Serão eles capazes de descobrir a verdade por trás desta vila perdida?


História

A história parecia muito promissora, era uma ideia original, não veio de um mangá ou novel. Em vez disso, o enredo quis complicar demais... Eu esperaria uma história como esta ter 24 episódios, não 12. Não sei explicar exatamente o que aconteceu. Sabe quando tem algo te incomodando, você sabe que tem algo errado ali, mas não sabe o que é? Me senti assim o anime todo, como se tivesse algo errado com a história ou com o modo como ela é contada. Achei tão legal um bando de pessoas irem em busca de uma vila suspeita, e todo o mistério para chegar atá lá... Então quando chegam, o mistério aumenta, todos começam a suspeitar de tudo, a enlouquecer e a brigar entre si... Porém, a solução do mistério não foi o que eu esperava. Aconteceu que criei expectativas altas demais e o anime não conseguiu atende-las.


Mas deixando isso de lado por um momento, na minha opinião, o principal problema eram os personagens. Quem acompanha o blog provavelmente já sabe que eu não gosto de animes com MUITOS personagens, não acho legal, sempre me perco e nunca sei quem é quem, nunca distribuem a história de um jeito bacana entre eles, sempre fica uma coisa esquisita... Mas isso é algo pessoal meu, tem pessoas que curtem esse monte de gente. No entanto, algo que todos provavelmente vão concordar, é que eles são MUITO clichês. Colocaram um de cada, das típicas personalidades de animes: o protagonista bonzinho, a menina que parece saber demais, a menina "gato", os que curtem armas, a louca-psicopata, o rabugento, o de boa, o casal apaixonado, a bonitona, o maluco... Tinham todos os estereótipos mais famosos presentes nos animes... E achei isso bem sem graça, não me surpreendeu e não inovaram em nada.


O que achei muito bom, eram as histórias do passado deles. Por exemplo, o personagem principal era ingênuo e bonzinho, mas o seu passado mostra muito mais do que isso, o trauma que ele passou e suas razões para ir na viagem em busca da vila... Cada um deles tinha um passado, e quando isso era mostrado, explicando o motivo da pessoa ter ficado como ela era e decidido embarcar na viagem, isso sim, achei bem legal e pra mim foi o ponto alto do anime. O bom e velho "não julguem os outros sem saber pelas coisas que eles passaram".


Só um momentinho aqui, quero muito reclamar de algo! Eu odeio, ODEIO, quando acontece a seguinte situação: a pessoa está tentando falar, mas ninguém deixa, ficam interrompendo ela e acusando, ai a pessoa fica só gemendo, não fala nada, todo mundo tira conclusões precipitadas e erradas, e quando dão a chance da pessoa se explicar, ela só fica gemendo e engasgando e não fala merda nenhuma! EU ODEIO MUITO ISSO! Abre a boca e fala logo! E esse tipo de coisa acontecia muito nesse anime. Não sei se é algo normal ou não no Japão, mas nossa, me dá nos nervos, sabe? Estão te acusando na sua frente, só falando bosta, interpretando tudo errado... Se defende! Se explica! Faz algo! Para de gemer! Precisava desse desabafo! Que ódio! >_<


Arte

A arte e a animação são bem normais. Estão dentro do padrão mediano dos animes de hoje em dia. Não achei nada muito ruim para reclamar, mas nada muito bom para elogiar. Estava ok.


Músicas

Destaque para a música da abertura, gostei bastante, achei muito boa!

Abertura:
"Gensou Drive" - Ami Wajima

Encerramento:
"Ketsuro" - Rina Katahira


Vale a pena ver?

Honestamente, eu diria que não. Eu mesma não veria novamente. Mas se quiser dar uma chance, assista por sua conta e risco. Caso você não concorde com as coisas que eu disse na resenha, deixe um comentário! Ou se você curtiu o anime, me conte o motivo, quem sabe não vejo ele com outros olhos (caso vocês deem bons argumentos, é claro!).

21 comentários:

  1. Obrigado pela resenha!
    Com tanta coisa pra ver essa temporada a gente precisa ser mais seletivo ^^

    Droppei!

    ResponderExcluir
  2. Pocha eu queria ver ele, admito que ainda estou sem tempo para ele e sem clima, apesar da sua opinião, eu ja espero algo mais ou menos dele, acho que agora tenho certeza.

    Sobre seu manifesto de odiar personagens que são acusados e não se defende, concordo mas me dá vontade de da uns tapas e Gritar "se defende". se fosse eu gritava tanto que deixava eles surdos.
    Jardim de Sereia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que se você ler resenhas de outros blogs, até dos gringos, ninguém curtiu o anime :(

      Excluir
  3. O anime tinha potencial se fosse melhor desenvolvido. Concordo com você, são personagens demais até para você tentar entender o que está acontecendo. E que final super bosta foi esse? Se foi para deixar um gancho para uma próxima temporada foi algo muito mal feito. Na parte que o povo começa a endoidar com as paranoias eu só lembrei de Higurashi. kkkkkkk Sua resenha me representa.

    ResponderExcluir
  4. O anime tinha potencial se fosse melhor desenvolvido. Concordo com você, são personagens demais até para você tentar entender o que está acontecendo. E que final super bosta foi esse? Se foi para deixar um gancho para uma próxima temporada foi algo muito mal feito. Na parte que o povo começa a endoidar com as paranoias eu só lembrei de Higurashi. kkkkkkk Sua resenha me representa.

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    Nossa, depois dessa resenha vou passar longe desse anime. Agorinha estava vendo uns comentários sobre ele e vi que a maioria não gostou e um dos motivos era que tinha personagens demais, como você disse.
    Estava precisando de um resenha clara sobre o anime, e muito obrigada agora eu tenho certeza de que esse anime não vai entrar pra minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que consegui alertar as pessoas :v HUAHUAHUAHUA

      Excluir
  6. estanho pois eu ri de uma anime de drama

    ResponderExcluir
  7. Olha, eu concordo com o que você disse, que o anime tem personagens clichês e talz, mas mesmo assim ainda gostei do anime, porque como vc disse, tem esse passado que muda o seu pensamento em relação às personagens, e eu gostei da história porque conta o porquê de eles irem à este lugar, e eu acho que tem um desenvolvimento bom porque nos episódios são mostradas as personalidades de todas as personagens e conta sobre a história do local para onde eles vão, no início ngm fazia a menor ideia de oq era aquele lugar e no final isso foi bem explicado, e também tem o fato de que para eles saírem deste lugar eles devem aceitar seus traumas do passado, e isso é mto foda(pelo menos eu achei).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então eu acho que se deve pelo menos dar uma chance e assistir ao anime, pq eh possível que quem assista goste xD

      Excluir
    2. Ahh, eu coloquei como eu, mas postou como "Unknown" :c

      Excluir
  8. A animação dos "monstros" me incomodou bastante. Também não gostei e não recomendo, mas achei o aprofundamento no passado dos personagens e em seus traumas bem legal. Se fosse menos personagens e eles conseguissem, de certa forma, se unir contra o trauma, talvez eu teria gostado mais.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que se tivesse menos clichês e mais episódios explicando mais a história o anime seria melhor




    ...como se isso fosse o suficiente=_=

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Olá,olho o seu blog de vez em quando e essa é a primeira vez que comento,gosto muito dele,aliás!Eu terminei de ver o anime nesse instante e achei que seria legal e construtivo dar meu ponto de vista sobre.
    Tive que dividir o comentário porque não consegui tirar muita coisa,mil desculpas desde já!
    De fato,muitas pessoas não gostaram,eu meio que já esperava por isso pois tenho tendência a achar legal o que todo mundo detesta e vice-versa,um exemplo disso é que assisti até a metade de assassination classroom antes de ver mayoiga e em TODOS os sites e blogs que olhei (foram muitos) falavam bem e eu,apesar de achar o plot muito interessante,nao consegui chegar nem até o final da primeira temporada de tão chato.
    ~ALERTA DE SPOILER~
    Mayoiga de fato tem pontos negativos mas achei tão sensacional que relevei.Os gráficos são legais mas nada que me chamou tanta atenção,não gostei de colocarem alguns nanakis em 3d,achei meio ???? mas como disse antes: relevei.Também concordo que o nº de personagens é muito alto e realmente teria sido mais interessante se fossem menos pessoas PORÉM eu vejo um ponto positivo nisso: cada um tem um passado dificil a ponto de todos eles deixarem seus familiares,amigos e uma vida INTEIRA para fugir pra uma cidade que ''ninguém'' sabe onde fica,esse é o ponto principal do anime inteiro,então não vi necessidade de explicarem o passado de todos tampouco de me apegar a algum deles (embora tenha alguns por quem eu torci).Acho que quando o passado de alguns foi revelado isso meio que afastou o estereótipo dos personagens porque mostrou um lado bem humano deles que não é todo anime que mostra.
    Concordo que foram muitos clichês ,eu mesma achei a masaki e o mitsumune bem chatinhos,mas alguns deles mostraram coisas diferentes que eu,que assisto animes desde pequena,não tinha visto antes e se vi foram em raríssimos animes.Exemplo: quando a masaki,no iniciozinho,fala pra ele que tem aquelas paranoias de ficar apostando consigo mesma,isso é uma característica que já presenciei em muitas pessoas reais mas que,justamente por esses clichês,dificilmente vejo em algum anime.

    ResponderExcluir
  12. O que mais gostei de tudo a ponto de se tornar um dos meus animes preferidos foi justamente a revelação sobre o vilarejo,eu pessoalmente gosto muito de temas psicológicos por isso desvendei bem rápido boa parte da trama e me encantei de verdade porque é algo que da pra aplicar no nosso próprio dia a dia!Achei genial o tanto de questões humanas que foram abordadas como a solidão do Hayato e o trauma deixado pela família dele.
    A saída da vila era bem óbvia mas mesmo assim difícil de ser executada e encontrada visto que os personagens tinham cicatrizes muito profundas,não é a toa que muitos decidiram ficar lá por tempo indeterminado (talvez pra sempre) pois,pra aceitar a vida e as pessoas como elas são e tentar seguir em frente a partir disso,como os outros personagens fizeram,precisa de MUITA força interior e de coragem.Achei o anime bem realista por conta disso,embora os monstros de cada um não sejam materializados como em mayoiga,é bem difícil achar alguém hoje em dia que não tenha algum trauma e/ou transtornos psicológicos.
    Deu pra notar que muitos deles ficaram sem esperança/fé sobre tudo que acontecia só por repetirem incessantemente que ‘’tanto faz’’ estarem ali ou no mundo real,o que é bem triste mas o escapismo definitivo tem seu preço.Alguns terem ficado pra ajudar tais personagens foi um ato bem solidário.
    O kami-sama ter envelhecido e se tornado praticamente apático também fez muito sentido pra mim e me fez gostar ainda mais da obra,afinal ele não aceitou conviver com a dor do próprio trauma,simplesmente a abandonou e,mesmo sendo um sentimento negativo,o que faz cada um de nós estar vivo e se sentir vivo é justamente isso: sentimentos,emoções.
    Adorei os plot twists,tiveram tantos que perdi a conta e eu gosto muito dessas reviravoltas,gosto de histórias que me surpreendem afinal jamais imaginaria que o kami-sama era pai da koharun!
    As letras da opening e da ending combinaram muito com a história e eu achei a trilha sonora maravilhosa,até aquela musiquinha que eles cantam no ônibus eu gostei. A cena do motorista com a filha dele exemplifica o anime inteiro,além de ter sido muito lindinha.
    Ps: eu descobri que o diretor é o mesmo de Another (outro dos meus animes preferidos apesar dos pesares) e pelo jeito ele gosta de personagens com cabelo azul escuro que usam óculos e são CHATOS para um caralho.O cara só grita o anime inteiro,apesar de compreender fiquei puta da vida com os berros dele.
    Ps 2: se for pelo anime que eu to pensando,o nome do seu blog é maravilhoso.
    Ps 3: Desculpa pelo textão,que deve ter ficado quase do mesmo tamanho da sua resenha,e pelos erros ortográficos.Feliz natal e boas festas,um ótimo 2018 pra você!

    ResponderExcluir